Intoxicação por propafenona: relato de caso clínico

Otavio Celso Eluf Gebara, Sérgio Henrique Paciullo Marossi, Fabio Luis de Oliveira Casado, Fabrício Assami Borges

Resumo


Introdução: A Propafenona é um antiarrítmico da classe I de Vaughan-Williams que atua como bloqueador dos canais de sódio com efeito estabilizador de membrana na célula miocárdica, sendo amplamente utilizada em pacientes sem doença cardíaca estrutural que apresentam fibrilação atrial paroxística, taquicardia juncional AV, taquicardias supraventriculares sintomáticas e em portadores da Síndrome de Wolff-Parkinson-White. Relado do Caso: O presente documento apresenta a evolução clínica e eletrocardiográfica de um paciente com diagnostico desconhecido de Wolff-Parkinson-White admitido no Hospital Santa Paula após a ingestão excessiva de propafenona, motivada por ideação suicida, que teve como resultado bradicardia severa e aumento do intervalo QT. Discussão: O aumento do intervalo QT (valores normais de 350 a 440ms) é uma medida que pode ser facilmente obtida através de um eletrocardiograma de rotina e é um importante marcador de risco para a ocorrência de taquicardia ventricular polimórfica distinta, com aspecto sinusoidal (Torsades de Pointes) com posterior degeneração para Fibrilação Ventricular (morte súbita). Um segmento QT longo representa aumento do período vulnerável do coração, em que a diferença entre camadas de miocárdio excitáveis e as ainda em despolarização podem promover um fenômeno de reentrada, podendo estar relacionado a determinados fármacos, distúrbios eletrolíticos, doenças de base e síndromes hereditárias. Seu tratamento consiste em evitar fatores agravantes e a na correção dos elementos causadores. Conclusão: Pela falta de literatura disponível acerca de episódios de intoxicação por propafenona, a evolução do paciente no período de internação demonstrou que a estratégia terapêutica adotada se mostrou eficiente para a evolução favorável do quadro clínico do mesmo.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.