Modelo experimental em ratos de área de penumbra por uso de balão implantado em núcleo caudado volume dependente e tempo dependente

Paulo Henrique Pires de Aguiar, João Pedro Franco Leal de Oliveira, Vitor Pelogi Arienzo, Túlio Melo Oliveira

Resumo


O presente estudo visa determinar se a remoção precoce de uma massaintracerebral experimental altera o fluxo sanguíneo cerebral, o conteúdo de água cerebral, achados neuropatológicos ou a função neurológica após 1 hora. Em quatro séries experimentais, balões de 0,6 ml e de 0,8 mL foram implantados por estereotaxia e inflados dentro do núcleo caudado direito de ratos. Após 1 hora da insuflação, os cérebros foram retirados e armazenados numa solução de formaldeído acético e ácido metanoico e posteriormente, foram estudados por meio da análise histopatológica da região que circunda o balão. Os animais foram sacrificados para estudo histológico e imuno-histoquímico com proteína S-100, marcador de destruição neuronal. Os ratos foram divididos em 4 grupos, (1A,1B,2A,2B) e analisados à luz de duas variáveis: tempo e volume do balão inflado. Em cada série da variável tempo, metade dos animais teve um balão de 0,8 mL inflado por três minutos (Grupo 1A), e a outra metade teve um balão de 0,8 mL inflado por dez minutos (Grupo 2A). Já na série da variável volume do balão, metade dos animais teve um balão 0,6 mL inflado durante 6 minutos (Grupo 1B), enquanto a outra metade teve um balão de 0,8 mL inflado durante 6 minutos (Grupo 2B). Foi realizada uma análise quali-quantitativa dos parâmetros histopatológicos e imuno-histoquímicos. Percebeu-se que no grupo de menor tempo (grupo 1A) ou não houve lesão alguma ou apenas perda parcial de tecido nervoso, enquanto que o grupo de maior tempo (grupo 2A) apresentou extenso edema e necrose de parênquima cerebral, chegando a 35% de picnose nuclear. Já nos grupos volume dependentes (grupos 1B e 2B), os achados foram extremamente semelhantes, ambos com cerca de 30% de núcleos picnóticos. Assim sendo, o tempo de inflação do balão é o maior determinante na lesão, reiterando-se o quão fundamental é para o prognóstico do paciente a retirada precoce de uma massa intracerebral espontânea.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.