Utilização de modelos 3D como recurso didático no ensino de embriologia do sistema nervoso central

Suzana Guimarães Moraes, Anderson de Lima Muniz

Resumo


Introdução: O advento da impressão 3D impulsionou avanços para as ciências da saúde e hoje em dia, modelos em 3D são utilizados para facilitar o ensino de diversas disciplinas, mas tem sido pouco utilizada para o ensino de embriologia. Objetivos: O objetivo deste trabalho foi desenvolver modelos 3D do sistema nervoso central (SNC) para serem utilizados nas aulas de embriologia e avaliar sua aplicabilidade como recurso didático. Métodos: Realizamos o projeto em três fases: 1) Desenvolvimento dos modelos utilizando o software “Autodesk 123D Design”. 2) Confecção dos modelos na impressora da PUC-SP no Parque Tecnológico de Sorocaba. 3) Utilização dos modelos pelos alunos do 2° ano de Medicina, na consultoria de embriologia da eletiva “Regulação neural e comportamento humano”, no qual dividimos 29 alunos em 2 grupos: grupo 1 (controle) respondeu um pré-teste, assistiu uma aula sobre embriogênese do SNC e respondeu um pós-teste. O grupo 2 (estudo) seguiu essas etapas, mas utilizou os modelos 3D antes de responder ao pós-teste. O presente projeto foi devidamente submetido à plataforma Brasil e aprovado pelo comitê de ética em experimentação em seres humanos da FCMS (Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde) da PUC-SP Resultados: Analisamos se havia diferença entre os grupos antes da aula com os resultados do pré-teste e atestamos que não, obtendo um p de 0,2368 entre os grupos , com média de acertos de 2,26 para o controle e DP de 1,22 contra 1,01 para DP e média de acertos de 2,57 para o estudo.. Comparamos os resultados do pós-teste dos grupos e não obtivemos diferença significativa, com um p de 0,2337, indicando que ambos aprenderam, embora o grupo estudo tenha uma média maior de acertos, com 4,14 versus 3,86 do controle, com DP de 0,91 para o controle e 1,0 para o estudo. Conclusão: Os autores acreditam sim que o uso de diferentes tipos de tecnologias e recursos didáticos modernos podem ser utilizados nas salas de aula, com o intuito de oferecer ao aluno um arsenal mais rico de modelos pedagógicos e manter a instituição de ensino atualizada no que se refere em inovação em educação. De fato, não podemos afirmar que o uso da dinâmica com os modelos 3D é mais eficaz do que o ensino tradicional de embriologia, mas o feedback dos alunos para com a dinâmica foi extremamente positivo, sendo notório que eles se divertiram enquanto seu conhecimento estava sendo testado.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.