O imaginário metalista luso-brasileiro colonial: a Serra das Esmeraldas na segunda metade do século XVII

Autores

  • Fabio Paiva Reis

Palavras-chave:

Serra das Esmeraldas, Espírito Santo, Imaginário, Brasil Colônia

Resumo

A Serra das Esmeraldas é uma serra lendária, muito localizada no interior da Capitania do Espírito Santo durante o período colonial brasileiro. Durante muitos anos, uma diversidade de aventureiros e bandeirantes partiu pelo sertão em busca de algo que os aguardava em algum lugar desconhecido. Sérgio Buarque de Holanda defende que a Serra fazia parte de um conjunto de mitos mantidos e trazidos entre os portugueses da Europa para a América, atuando como um cenário ideal formulado a partir de suas experiências e mitologias. A permanência da Serra no imaginário colonial leva-nos a prestar mais atenção nos documentos do Espírito Santo, apesar desse local fantástico não estar presente apenas no imaginário dos colonos capixabas, mas de todo o Brasil.

Biografia do Autor

Fabio Paiva Reis

Fabio “Miojo” Reis é graduado em História pela Universidade Federal do Espírito Santo (2008) com monografia desenvolvida sob título “Conseqüências da Descoberta do Ouro para a Capitania do Espírito Santo”. Historiador, atualmente cursa o Mestrado em História Social na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) com o tema “O imaginário metalista luso-brasileiro no Período Colonial: a Serra das Esmeraldas (1646-1683)”.

Downloads