Influência da Bíblia na cultura pop: leitura do simbolismo e da linguagem bíblica na HQ A Queda De Murdock de Frank Miller e David Mazzucchelli

Carlos Caldas

Resumo


Em 1994 o teólogo brasileiro Antonio Manzatto publica pelas Edições Loyola Teologia e literatura. Reflexão teológica a partir da antropologia contida nos romances de Jorge Amado. A obra é a versão em forma de livro de sua tese de doutorado em teologia defendida no ano anterior na prestigiosa Université Catholique de Louvain (Louvain-la-Neuve) sob a orientação de Adolphe Gesché. A obra, a pioneira de seu gênero no Brasil, abriu caminho para um sem número de publicações no diálogo entre teologia e literatura. O presente artigo pretende humildemente prestar homenagem à contribuição de Manzatto aos estudos de teologia e literatura a partir de dois vieses diferentes do originalmente proposto pelo doyen deste diáologo no Brasil: um viés será a utilização de texto proveniente da assim chamada cultura pop, neste caso, as histórias em quadrinhos. Outro será a aproximação teórico-metodológica: o pressuposto teórico do presente artigo é o sugerido pelo crítico teórico canadense Northrop Frye, que a Bíblia é o “grande código” da arte e da cultura ocidentais. Para tanto, o presente artigo tem a intenção de apresentar a influência da Bíblia no arco da história em quadrinhos A queda de Murdock, de Frank Miller e David Mazzucchelli. Há de se observar que o título original deste arco em inglês é Born Again, citação direta do Evangelho de João. E no decorrer da narrativa podem ser identificadas imagens, simbolismos e linguagem bíblicas. Este artigo pretende apresentar como este arco reflete o tema do justo sofredor, tema que aparece no livro bíblico de Jó, na profecia de Isaías e que será aplicado a Jesus no Evangelho de Lucas. Além disso, o artigo também pretende apresentar o personagem Demolidor neste arco como uma figura do Cristo sofredor.


Palavras-chave


Teologia nerd – Cultura pop – Bíblia – Histórias em quadrinhos

Texto completo:

PDF HTML

Referências


BIBE-LUYTEN, Sonia M. O que é história em quadrinhos. Coleção Primeiros Passos. São Paulo: Brasiliense, 1985

CALDAS, Carlos (Org.). Teologia Nerd. São Paulo: Garimpo, 2015

CALDAS, Carlos. Das HQ’s como discurso teológico: análise de X-Men – Deus ama, o homem mata, de Chris Claremont na perspectiva da soteriologia de Paul Tillich. Teoliterária. V. 7, 2017

CALDAS, Carlos. Religião e HQ’s: análise de Demolidor – diabo da guarda, de Kevin Smith e Joe Quesada. Numen, V. 21, 2018

ECO, Umberto. O Super-Homem de massa. Retórica e ideologia no romance popular. São Paulo: Perspectiva, 1991

ECO, Umberto. Apocalípticos e Integrados. 6ª edição. São Paulo: Perspectiva, 2008

FRYE, Northrop. Código dos códigos. A Bíblia e a literatura. São Paulo: Boitempo, 2004

GOMES, Nataniel dos Santos. SOLLES, R. A. ARANTES, T. T. Histórias em quadrinhos e religião: uma análise da figura de Superman. Cadernos do XVIII Congresso Nacional de Linguística e Filologia. Rio de Janeiro: XVIII CNLF, 2014

HOUSEL, Rebecca, WISNESKY, Jeremy (Orgs.).X-Men e a filosofia.Visão surpreendente e argumento fabuloso no X-verso mutante. São Paulo: Madras, 2009

IRWIN, William, WHITE, Mark D. (Orgs.).Os Vingadores e a filosofia. Os pensamentos mais poderosos. São Paulo: Madras, 2015

JANOWSKI, Bernd. STUHLMACHER, Peter (Eds.). The Suffering Servant.Isaiah 53 in Jewish and Christian Sources. Grand Rapids: Eerdmans, 2004

LOEB, Jeph. MORRIS, Tom. Heróis e super-heróis in MORRIS, Matt, MORRIS, Tom (Orgs).Super-Heróis e a filosofia. Verdade, justiça e o caminho socrático. São Paulo: Madras, 2009

LIMA, Anderson de Oliveira. A Bíblia como literatura no Brasil: História e análise de novas práticas de leitura bíblica. 2015. 210 f. Tese (Doutorado em Letras). Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo.

MACHADO, Renato Ferreira. WESCHENFELDER, Gelson. Teologia, ética e perversão política em Watchmen. Estudos Teológicos. V. 56, N. 1, 2016

MARVEL COMICS. Coleção Histórica Paladinos Marvel. Volume 1. Demolidor. São Paulo: Panini, 2017

MANZATTO, Antonio. Teologia e literatura: reflexão teológica a partir da antropologia contida nos romances de Jorge Amado. São Paulo: Loyola, 1994

MILLER, Frank. MAZZUCCHELLI, David. Demolidor.A queda de Murdock. São Paulo: Salvat, 2014

MORRIS, Matt, MORRIS, Tom (Orgs.)Super-Heróis e a filosofia. Verdade, justiça e o caminho socrático. São Paulo: Madras, 2009

MOYA, Álvaro de (Org.). Shazam! São Paulo: Perspectiva, 1977

MOYA, Álvaro de. História das histórias em quadrinhos. Porto Alegre: L & PM Editores, 1986

RAMOS, Paulo Eduardo. A leitura dos quadrinhos. São Paulo: Contexto, 2009

REBLIN, Iuri Andréas. Para o alto e avante. Uma análise do universo criativo dos super-heróis. Porto Alegre: Asterisco, 2008

REBLIN, Iuri Andréas. O alienígena e o menino. Jundiaí: Paco, 2015

SCHERER, Odilo. “Justo sofredor”: uma interpretação do caminho de Jesus e do discípulo. São Paulo: Loyola, 1995

TILLICH, Paul. Dinâmica da fé. 6ª edição. São Leopoldo: Sinodal, 2001

VERGUEIRO, Valdomiro. RAMA, Ângela. Como usar as histórias em quadrinhos na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2004

VERGUEIRO, Valdomiro. RAMOS, Paulo. Quadrinhos na educação. Da rejeição à prática. São Paulo: Contexto, 2009

VERGUEIRO, Valdomiro. SANTOS, Roberto Elísio dos. A linguagem dos quadrinhos. Estudos de estética, linguística e semiótica. São Paulo: Criativo, 2015

VERGUEIRO, Valdomiro. Pesquisa acadêmica em histórias em quadrinhos. São Paulo: Criativo, 2015

WHITE, Mark D., ARP, Robert, IRWIN, William (Orgs.). Batman e a filosofia. O Cavaleiro das Trevas da Alma. São Paulo: Madras, 2008

WHITE, Mark D. (Org.) Superman e a filosofia. O que o Homem de Aço faria? São Paulo: Madras, 2014




DOI: https://doi.org/10.23925/rct.i95.47082

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista de Cultura Teológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: