A CRISTOLOGIA DE ANTONIO MANZATTO (revelação, antropologia e literatura)

Maria Clara Lucchetti Bingemer

Resumo


Antonio Manzatto é pioneiro em muitas coisas.  Talvez uma das mais importantes seja a iniciação do leitor brasileiro no diálogo entre teologia e literatura.  Sua tese doutoral sobre a obra de Jorge Amado lida a partir da teologia é um marco na caminhada teopoética e teoliterária do país e do continente.

Neste artigo tentaremos considerar a obra de Manzatto a partir de um ponto de vista: a cristologia.  Área maior da teologia cristã, é algo que não pode não estar presente quando se trata de analisar e comentar a obra de alguém que é antes de mais nada teólogo e assumido como tal.


Palavras-chave


Antonio Manzatto; Teologia; Literatura.

Texto completo:

PDF HTML


DOI: https://doi.org/10.23925/rct.i95.47165

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista de Cultura Teológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: