AMORIS LAETITIA E A VIDA CRISTÃ. UMA REFLEXÃO TEOLÓGICO-ANALÍTICA SOBRE O PAPEL DA CONSCIÊNCIA NO DISCERNIMENTO CRISTÃO

Andre Boccato de Almeida

Resumo


O presente artigo pretende refletir sobre a relação entre a teologia moral, enquanto saber reflexivo-racional do sentido humano na práxis, e alguns elementos propositivos da exortação pós-sinodal Amoris Laetitia (AL) que atualizam uma busca criativa e corajosa da ética do discernimento na consciência. Parte-se da perspectiva segundo a qual na presente exortação encontram-se categorias próprias da moral fundamental que fomentam uma reinterpretação da moralidade conjugal e familiar, com o intuito de acentuar a centralidade do amor sobre outras perspectivas relacionadas à vida matrimonial. Na verdade, deseja-se ressaltar que o sentido ético da vida cristã está relacionado ao amor e à alegria, dimensões fundamentais do seguimento de Cristo. Portanto, o discernimento, como chave ético-teológica é o itinerário de todo cristão que busca, na sequela Christi, aperfeiçoar-se em todas as suas dimensões.


Palavras-chave


Teologia Moral; Amoris Laetitia; discernimento; consciência; ética.

Texto completo:

PDF HTML

Referências


ALBERTI, G. Richi (a cura di). Al cuore dell’umano. La domanda antropológica 1. Venezia: Marcianum Press, 2007.

ALMEIDA, André L. Boccato. “O discernimento da consciência na Exortação Apostólica Amoris Laetitia”. In: Revista Eclesiástica Brasileira, 2017, v. 77, pp. 520-535.

________________________. “Santo Tomás de Aquino na Amoris Laetitia: repropondo uma antropologia teológica da alegria”. In: Perspectiva Teológica, 2018, v. 50, p. 135-161.

AUTIERO, Antonio. “Amoris Laetitia e la coscienza etica. Una questione di prospettiva”. In: GOERTZ, Stephan; WITTING, Caroline. (a cura di). Amoris Laetitia. Un ponto di svolta per la teologia morale? Milano: San Paolo/Cinisello, 2017, p. 80-94.

BASTIANEL, Sergio. Coscienza, onestà, fede cristiana. Corso fondamentale di etica teologica. Trapani: Il Pozzo di Giacobbe, 2018.

BISSONNIER, Henri. Psychopédagogie de la conscience morale. En ses conditionnements normaux et patholigiques. Paris : Éditions Fleurus, 1969. (Collection Pédagogie Psychosociale).

CARLOTTI, Paolo. La morale di papa Francesco. Bologna: Edizioni Dehoniane, 2018.

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA. Edição revisada de acordo com o texto oficial em latim. São Paulo: Loyola, 2001.

CONCÍLIO VATICANO II. Documentos do Concílio Ecumênico Vaticano II (1962-1965). São Paulo: Paulus, 2001. (Coleção de bolso).

DONAGH, Enda Mc. “Teologia della Coscienza”. In: FREYNE, S. (edd.). Il Magistero morale: compiti e limiti. Bologna: Edizioni Dehoniane, 1973, pp. 185-199. (Collana Studi e ricerche 16).

FUCHS, Josef. Le renouveau de la théologie morale selon Vatican II. Tournai: Desclée, 1968.

____________. Responsabilità personali e norma morale. Analisi e prospettive di ricerca. Bologna: Edizioni Dehoniane, 1978.

FUMAGALLI, Aristide. L’amore in Amoris Laetitia. Ideale, cammino, fragilità. Milano: San Paolo, 2017.

GRONCHI, Maurizio. Amoris Laetitia. Una lettura dell’esortazione apostolica postsinodale sull’amore nella famiglia. Milano: San Paolo/Cinisello Balsamo, 2016.

KEENAN, James F. História da teologia moral católica no século XX. Da confissão dos pecados à libertação das consciências. São Paulo: Loyola, 2013.

MAJORANO, Sabatino. A consciência. Uma visão cristã. Aparecida: Santuário, 2000. (Moralia 4).

MAJORANO, Sabatino. “Coscienza e discernimento alla luce di Amoris Laetitia”. In: CIPRESSA, Salvatore (a cura di). La teologia morale dopo L’Amoris Laetitia. Atti del X Seminario Nazionale dell’ATISM (Alghero, 3-7 luglio 2017). Assisi: Cittadella Editrice, 2018, pp. 53-74. (Questioni di etica teologica).

MATTEI, Maria Grazia (a cura di). Edgar Morin: etica e identità umana. Milano: EGEA, 2015.

OVERBERG, Kenneth R. Consciência em conflito. Como fazer escolhas morais. São Paulo: Paulus, 1999.

PANNENBERG, Wolfhart. Fondamenti dell’etica. Prospettive filosófico-teologiche. Brescia: Queriniana, 1998. (Giornale di Teologia 256).

PAPA FRANCISCO. Constituição Apostólica Veritatis Gaudium. Sobre as Universidades e as Faculdades Eclesiásticas. São Paulo: Paulinas, 2018. (A voz do Papa – 205).

__________________. Constituição Pós-Sinodal Amoris Laetitia. Sobre o amor na família. São Paulo: Paulinas, 2016. (A voz do Papa – 202).

__________________.http://w2.vatican.va/content/francesco/pt/speeches/2019/february/documents/papa-francesco_20190209_accademia-alfonsiana.html. Consulta em 18 de Junho de 2019 às 11h55.

PARISI, Faustino. Crisi e rinnovamento della teologia morale. Da lettura di Domenico Capone. Bologna: Dehoniane, 2013.

PINCKAERS, Servais. Las fuentes de la moral cristiana. Su método, su contenido, su história. 3º ed. Navarra: EUNSA, 1988.

__________________. Le renouveau de la morale. Études pour une morale fidèle à ses sources et à sa mission présente. Paris: Téqui, 1964.

PRINI, Pietro. Lo scisma sommerso. Il messaggio cristiano, la società moderna e la chiesa. Milano: Garzanti, 2002.

RATZINGER, Joseph. El elogio de la conciencia. La verdade interroga al corazón. 2º ed. Madrid: Palabra, 2010.

ROSSI, Giacomo. “Il significato di Amoris Laetitia nel Magistero di Papa Francesco”. In: CIPRESSA, Salvatore (a cura di). La teologia morale dopo L’Amoris Laetitia. Atti del X Seminario Nazionale dell’ATISM (Alghero, 3-7 luglio 2017). Assisi: Cittadella Editrice, 2018, pp. 13-35. (Questioni di etica teologica).

SESBOÜÉ, Bernard. O magistério em questão. Autoridade, verdade e liberdade na Igreja. Petrópolis: Vozes, 2004.

THÉVENOT, Xavier. Morale Fondamentale. Notes de cours. Paris: Desclée de Brouwer, 2007.

THOMASSET, Alain. La morale de Vatican II. Paris: MédiasPaul, 2013.

TOMÁS DE AQUINO. Suma de Teologia, I-II. São Paulo: Loyola, 2005.

ZUCCARO, Cataldo. Teologia Morale Fondamentale. Brescia: Queriniana, 2013.




DOI: https://doi.org/10.23925/rct.i95.47765

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista de Cultura Teológica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN Online 2317-4307 | Impresso (descontinuada) 0104-0529

A Revista de Cultura Teológica e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/culturateo. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/culturateo.


A Revista de Cultura Teológica está:

Associada a:

Indexada em:

  Google Acadêmico

Presença em Bibliotecas: