O conceito de “Língua Geral” à luz dos dicionários de língua geral existentes

Wolf Dietrich

Resumo


Hoje conhecemos dez dicionários de língua geral amazônica, seis deles não publicados. Em comparação, a língua geral paulista continua pouco documentada. Estudam-se seis dicionários de língua geral amazônica setecentistas, em especial três manuscritos ainda não publicados. Da comparação desses dicionários, resulta a identificação de Anselm Eckart como autor de um e de Anton Meisterburg como possível autor de outro manuscrito. Analisa-se a interdependência de Eckart, Meisterburg e da “Prosodia de Lingua”. Descrevem-se mudanças ocorridas na LGA e discutem-se caraterísticas da LGP. Tudo isto serve para rever os problemas téoricos do conceito de “língua geral” proposto por Aryon Rodrigues e problemas da história da sua formação.

Palavras-chave


Língua Geral Amazônica; Língua Geral Paulista; dicionários

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X