A EPISTEMOLOGIA CIENTÍFICA QUE SUBJAZ AOS ESTUDOS DA LINGUAGEM NO ÂMBITO DO INTERACIONISMO SOCIODISCURSIVO

Renata de Lourdes Costa de Menezes, Regina Celi Mendes Pereira, Raquel Basílio

Resumo


Inseridas nas discussões desenvolvidas no contexto do projeto Ateliê de Textos Acadêmicos (ATA) no qual analisamos aspectos linguístico-discursivos de textos acadêmicos em diversos campos de produção do conhecimento, confrontamo-nos com a necessidade de refletir sobre epistemologia e metodologia científica. Objetivamos, portanto, discutir sobre a constituição do conceito de ciência instituído no cerne do Interacionismo Sociodiscursivo (ISD) a partir do aparato conceitual e metodológico empregado por Bronckart (1999, 2006, 2008) para a abordagem e descrição dos fatos de linguagem, de natureza eminentemente sócio-histórico-cultural. Para tanto, assentaremos nossas discussões nos estudos referentes ao saber/fazer científico, em especial nas obras de Popper (2007 [1934]) e Bourdieu (1983, 2002, 2004). As reflexões apontam que, no processo de construção do conhecimento, o pesquisador deve evitar a submissão a um padrão metodológico dominante, dogmático e autoritário, e estar aberto às várias abordagens disponíveis.

Palavras-chave


epistemologia científica, construção, conhecimento, ISD.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X