VISITANDO A INTERAÇÃO NA PROSA LITERÁRIA

Dóris de Arruda C. da Cunha

Resumo


Este artigo tem o objetivo analisar a interação por meio dos discursos no romance, partindo do princípio que não são formas sintáticas de transmissão das falas e dos pensamentos das personagens, mas representações da interação entre sujeitos e suas posições axiológicas. Analisa a relação entre Lingüística e Literatura, partilhando a visão de Maingueneau segundo a qual não se pode continuar a pensar dicotomicamente essa relação, uma vez que as duas ciências da linguagem trazem novas descobertas para o texto literário. Tomando por base a teoria bakhtiniana, faz um estudo dos discursos num fragmento de Capitães da Areia, que revela o embate de visões de mundo, a das elites e a dos excluídos, representados artisticamente nesse romance.

Palavras-chave


interação; romance; discurso; vozes sociais

Texto completo:

PDF


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X