Análise crítica do discurso e teorias culturais: hibridismo necessário

Adriana Pagano, Célia Magalhães

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão teórica sobre a análise de discurso crítica (Chouliaraki e Fairclough, 1999) e os estudos culturais e pós-coloniais, como espaços híbridos de saberes complementares que informam os estudos do papel da linguagem nas representações de identidades culturais híbridas. Propõe-se uma articulação do conceito bakhtiniano de hibridização textual – adotado na análise crítica do discurso como peça fundamental da prática de interpretação textual e expandido para dar conta de gêneros de discursos emergentes –, com o conceito de hibridismo cultural de Homi Bhabha (1998), uma reelaboração também do conceito de Bakhtin que visa dar conta do espaço pós-colonial ambivalente das culturas. Uma análise do poema "Para ouvir e entender 'Estrela' ", do escritor brasileiro negro Cuti, é apresentada para ilustrar o potencial dessa articulação teórica para investigar manifestações culturais que buscam interrogar um sistema de valores e conceitos em torno da obliteração das diferenças raciais e sua inserção no espaço político e cultural da nação.

Palavras-chave


Hibridismo textual e cultural; Pós-colonialism; Análise de discurso crítica

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X