A conexão americana: Mattoso Câmara e o círculo lingüístico de Nova Iorque

Cristina Altman

Resumo


Quando se pensa nas conexões entre as lingüísticas brasileira e norte-americana, a primeira referência que nos vem à mente é o Círculo Lingüístico de Nova Iorque, onde Roman Jakobson (1896-1982) e Claude Lévi-Strauss (n. 1908) – recém chegado do Brasil, onde permanecera entre 1935 e 1939 – se encontraram e discutiram suas idéias. Este encontro excepcional obscureceu outros contatos entre a lingüística brasileira e a norte-americana, entre eles, aquele ocorrido entre Jakobson e o lingüista brasileiro Joaquim Mattoso Câmara Jr. (1904-1980), que teve conseqüências bem maiores, ao menos no que diz respeito à implementação da lingüística estrutural no Brasil e na América do Sul nos anos 50 e 60. O impacto de Jakobson e da lingüística norte-americana no trabalho de Mattoso Câmara e sua subseqüente influência no desenvolvimento da lingüística brasileira são o foco do presente artigo.

Palavras-chave


Círculo Lingüístico de Nova-Iorque; Jakobson; Estruturalismo

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X