DOS GÊNEROS TEXTUAIS UTILIZADOS NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE CIÊNCIAS

Odisséa Boaventura de Oliveira, Silvia Luiza Frateschi Trivelato

Resumo


Problematiza-se nesta pesquisa os gêneros relatório e artigo científico escritos por 4 estudantes- estagiários na disciplina Prática de Ensino de Biologia, tomando-se as funções enunciativas locutor, enunciador e autor, conforme explicitadas por Orlandi (2003). Considera-se o locutor aquele que se representa como ‘eu’ no discurso; o enunciador é o que representa as ‘perspectivas que o eu assume’ no discurso e autor, quando se assume enquanto ‘produtor’ da linguagem, portanto afetado pelo contato com o social e suas coerções. A análise dos textos escritos aponta que tais gêneros não contribuíram expressivamente para manifestações subjetivas do ser e estar professor, por conta disso propõe-se a escrita de textos que levem o autor a se identificar com aquilo que escreve deixando ali suas marcas subjetivas.

Palavras-chave


Relatório; Artigo científico; Estágio supervisionado

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.1590/delta.v29i2.3811

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X