Recent uses of mentalistic data in reading strategy research

Andrew D. Cohen

Resumo


Nestes últimos anos tem aumento o interesse no emprego de medidas mentalísticas no estudo do processo de leitura, tanto para as intravisões que a descrições fornecem aos professores no seu ensino quanto para as intravisões que as mesmas descrições fornecem para os leitores na sua leitura. Depois, definem-se "estratégias na leitura" e métodos de informe verbal para estudá-las. A última parte do artigo trata de pesquisas feitas por estudantes na Universidade Hebraica de Jerusalém que utilizaram do informe verbal em quatro áreas principais de investigação a saber: (1) o desenvolvimento de uma taxomania para estratégias de leitura. (2) a verificação de adequação de medidas mentalísticas para para populações diferentes, (3) a determinação de similaridades entre a leitura na língua materna num idioma estrangeiro, e (4) a descrição do processo quando os alunos fazem testes de compreensão de leitura. O artigo pretende apresentar descobertas que sejam ilustrativas dos tipos de dados empíricos que se pode obter por intermédio das medidas mentalísticas.

Texto completo:

PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X