A transparência ilocucionária e a marcação pragmática sob perspectiva interlingüística

Nelson Mitrano Neto

Resumo


Este trabalho pretende abordar, sob perspectiva interlingüística, as noções de transparência ilocucionária e marcação pragmática à luz do papel que desempenham na configuração do comportamento indireto no português do Brasil, no inglês britânico e na produção pragmática de alunos brasileiros de inglês de nível adiantado. Com base em três estudos empíricos, argumenta-se que o modelo pragmático de base referêncial, comumente usado na explicação do comportamento diretivo indireto, só poderá ser aceito em conjunto com a noção de marcação pragmática. Argumenta-se, ainda, que tal noção é crucial para se explicar a ocorrência da influência interlingüística na produção de direitos na interlingua.

Palavras-chave


transparência ilocucionária; marcação pragmática; indiretividade; influência interlingüística; aquisição de língua estrangeira

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X