Semiótica e comunicação

José Luiz Fiorin

Resumo


Alguns pesquisadores do campo da Comunicação têm afirmado que seu objeto são
os meios de comunicação de massa e que esse objeto exige a elaboração de teorias especí­ficas
para seu tratamento. Por isso, a Semiótica não poderia ser usada nos estudos
de comunicação. Este trabalho pretende mostrar que apenas uma teoria da significação
pode explicar rigorosamente a questão do produtor coletivo dos objetos dos meios de
comunicação de massas, bem como o papel exercido pelo enunciatário na produção
discursiva das mí­dias.
Palavras-chave enunciação, enunciador, enunciatário, ethos, pathos
Abstract Some researchers from the field of communication have stated that their objects of
study are the means for mass communication, and purported that those objects demand
the elaboration of specific theories for their treatment. Therefore, Semiotics should be
banished from that field of studies. In this paper, however, I intend to show that it is
only through a theory of signification that we can thoroughly explain: (i) the matter of
the collective production of the objects of mass communication, and (ii) the role played
by the enunciatee in the mass media’s discourse production.
Key words enunciation, enunciator; enunciatee, ethos, pathos

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM