Qualidade da recuperação de pacientes submetidos à hernioplastia inguinal sob anestesia local associada à anestesia geral via máscara laríngea ou raquianestesia. Ensaio clínico randomizado.

Eduardo Toshiyuki Moro, Helena Torricelli Pancevski, Thiago Patrício Lima, Felipe Augusto Horácio Ribeiro, Murilo Sunica Targueta, Gustavo Meirelles dos Santos

Resumo


INTRODUÇÃO E OBJETIVOS: A hernioplastia inguinal pode ser realizado sob anestesia local, regional ou geral. O objetivo do presente estudo foi utilizar o questionário QoR-40 para comparar a anestesia local associada à anestesia geral sob máscara laríngea com a raquianestesia; MÉTODOLOGIA: 60 pacientes entre 18 e 65 anos, ASA I e II, submetidos à hernioplastia inguinal unilateral foram distribuídos de forma aleatória nos grupos: R – raquianestesia (15 mg de bupivacaína pesada 0,5%) ou L - anestesia geral sob máscara laríngea associada à infiltração regional (alfentanil e propofol seguido da inserção de máscara laríngea. Bloqueio de campo com 50 mL de ropivacaína a 0,5% e manutenção da anestesia com propofol). O questionário foi obtido na manhã seguinte; RESULTADOS: Não houve diferença significativa entre grupos quanto à qualidade da recuperação segundo o QoR-40, assim como não houve diferenças em relação às complicações. O tempo de permanência na SRPA foi menor no grupo L (p<0,05); CONCLUSÃO: Não há diferença na qualidade da recuperação após realização de hernioplastia sob bloqueio de campo associado à anestesia geral com máscara laríngea ou raquianestesia.


Palavras-chave


anestesia local com sedação; raquianestesia; hernioplastia; Lichtenstein

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba. ISSN eletrônico 1984-4840



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.