Espiritualidade e o enfrentamento de pacientes submetidos à quimioterapia

Amanda Genkawa Pinto, Vanessa Braz Guimarães, Leni Boghossiam Lanza

Resumo


Objetivo: Conhecer a dimensão da espiritualidade no enfrentamento de pacientes submetidos à quimioterapia. Métodos: Tratou-se de uma pesquisa descritiva, transversal e exploratória com abordagem qualitativa realizada com 15 pacientes submetidos à quimioterapia em uma instituição hospitalar pública, de ambos os sexos, maiores de 18 anos. Foi utilizada entrevista semiestruturada, com perguntas abertas, cujas respostas foram gravadas, transcritas e organizadas por meio do discurso do sujeito coletivo. Resultados: Os resultados revelaram que os sentimentos são variados, dividindo-se em sentimentos otimistas, em sua maioria, e também negativos. Conclusão: A espiritualidade/religiosidade exerce influência significativa durante o tratamento quimioterápico, contribuindo para que a pessoa passe por esse momento com mais otimismo.

Palavras-chave


neoplasias; antineoplásicos; quimioterapia; adaptação psicológica; espiritualidade; religião

Texto completo:

PDF

Referências


Fornazari SA, Ferreira RER. Religiosidade/ espiritualidade em pacientes oncológicos: qualidade de vida e saúde. Psicol Teor Pesqui. 2010;26(2):265-72.

Guimarães HP, Avezum A. O impacto da espiritualidade na saúde física. Rev Psiquiatr Clin. 2007;34(Suppl. 1):88-94.

Saad M, Masiero D, Rizzo BL. Espiritualidade baseada em evidências. Acta Fisiátr. 2001;8(3);107-112.

Borges MS, Santos MBC, Pinheiro TG. Representações sociais sobre religião e espiritualidade. Rev Bras Enferm. 2015;68(4):609-16.

Boff L. A importância da espiritualidade para a saúde [Internet]. 2013 [acesso em 05 mar. 2016]. Disponível em: https://leonardoboff.wordpress.com/2013/11/16/ aimportancia-da-espiritualidade-para-a-saude/

Boff L. Espiritualidade, dimensão esquecida e necessária [Internet]. 2006 [acesso em 29 fev. 2016]. Disponível em: http://www.uniblog.com.br/cariocadapiedade/34433/ leonardo-boff-o-teologo-dalibertacao.html

Levefre F, Levefre AM. Discurso do sujeito coletivo: um novo enfoque na pesquisa qualitativa. Caxias do Sul: Educs; 2003.

Botelho ASC, Pereira MG. Qualidade de vida, otimismo, enfrentamento, morbidade psicológica e estresse familiar em pacientes com câncer colorrectal em quimioterapia. Est Psicol. 2015;20(1):50-60.

Apóstolo JLA, Batista AC, Macedo CMC, Pereira EMR. Sofrimento e conforto em doentes submetidas a quimioterapia. Rev Ref. 2006;11(3):55-64.

Pinto S, Silvia C, Martins JC. A espiritualidade nos pacientes com câncer em quimioterapia. CuidArte Enferm. 2012;6(1):8-14.

Fernandes G, Inocente NJ. Estratégias para enfrentamento (coping): um levantamento bibliográfico. In: XIV Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e X Encontro Latino Americano de Pós- Graduação – Universidade do Vale do Paraíba. Vale do Paraíba: UNIVAP; 2010. p. 1-5.

Taboada NG, Legal EJ, Machado N. Resiliência: em busca de um conceito. Rev Bras Crescimento Desenvolv Hum. 2006;16(3):104-13.

Rodrigues FSS, Polidori MM. Enfrentamento e resiliência de pacientes em tratamento quimioterápico e seus familiares. Rev Bras Cancerol. 2012;58(4):619-27.

Santo CC, Gomes AM, Oliveira DC, Pontes AP, Santos ÉI, Costa CP. Diálogos entre espiritualidade e enfermagem: uma revisão integrativa da literatura. Cogitare Enferm. 2013;18(2):372-8.

Moura ACF, Moreira MC. A unidade de quimioterapia na perspectiva dos clientes – indicativos para gestão do ambiente na enfermagem oncológica. Esc Anna Nery R Enferm. 2005;9(3):372-80. 16. Guimarães DD, Santos AN. Espiritualidade, saúde e cuidado de enfermagem [trabalho de conclusão de curso]. Vitória: Faculdade Católica Salesiana do Espírito Santo; 2011.

Silva MEDC, Silva LDC, Dantas ALB, Araújo DOR, Duarte IS, Sousa JFM. Assistência de enfermagem ao paciente oncológico no hospital: revisão integrativa. Rev Enferm UFPI [Internet]. 2013 [acesso em 05 mar. 2016];2(spe):69-75. Disponível em: http://www.ojs.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/1359/pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.23925/1984-4840.2017v19i2a7

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba. ISSN eletrônico 1984-4840

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

  



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.