Vitiligo ocupacional

José Otávio Alquezar Gozzano, Maria Luiza Coelho Gozzano, Maria Carolina Coelho Gozzano, Maria Beatriz Coelho Gozzano

Resumo


Introdução: O vitiligo é uma doença cutânea idiopática, caracterizada por máculas branco-nacaradas de diferentes tamanhos e formas. Alguns fatores podem estar associados à etiopatogenia da doença, como: condições genéticas, doenças auto-imunes, traumas e substâncias químicas. O vitiligo pode acometer pêlos (leucotriquia) e o prurido e a inflamação são raros. Suas alterações histológicas em eletromicroscopia demonstram vacuolização e degeneração dos queratinócitos, melanócitos e células de Langerhans da camada basal, assim como infiltrado inflamatório mononuclear com pequenos linfócitos e histiócitos, principalmente cercando a lesão. O vitiligo ocupacional (VO) ocorre devido a substâncias químicas que em excesso na epiderme e na derme papilar, danificam os melanócitos. O VO manifesta-se no local de contato, podendo estender-se a todo corpo, seu diagnóstico é clinico e auxiliado com a luz de Wood. O tratamento consiste em estimular a produção de pigmento nas áreas lesadas, a partir de imunomoduladores, PUVA, entre outros. Objetivo: Relatar caso de paciente com diagnóstico de VO. Metodologia: Paciente diagnosticada com VO atendida em ambulatório e revisão de literatura. Relato de caso: Paciente do sexo feminino, 26 anos, refere manchas em mãos há 6 meses, após início de trabalho na limpeza. Nega comorbidades e antecedentes mórbidos pessoais relevantes. Refere utilização de produtos de limpeza, especialmente Alpha HP (peróxido de hidrogênio). Ao exame: máculas acrômicas nas extremidades digitais, ausência de eritema, prurido e outros sintomas. Hipótese diagnóstica: VO. Como conduta, foi prescrito protopic. Conclusões: O VO é uma hipomelanose de causa química de grande impacto emocional ao paciente. Seu diagnóstico precoce é importante a fim de melhorar a qualidade da pessoa acometida.


Palavras-chave


vitiligo ocupacional; hipomelanose química

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.