Gestação e apendicite

Carla Muniz Pinto de Carvalho, Isabella Terra Lupoli Souza, Tiago Genzini de Miranda, Vitor Pelogi Arienzo

Resumo


Introdução: A apendicite aguda é a causa mais prevalente de abdome agudo em gestantes, com incidência de 1/500 a 2000 casos. Afecção de difícil diagnóstico, uma vez que dor abdominal, náuseas, vômitos e leucocitose também estão presentes na gravidez. A sensibilidade reduzida ao ultrassom (US) e a variação anatômica do apêndice na gestação postergam o diagnóstico, ocasionando perfuração e aumento da morbiletalidade maternofetal. Objetivo: Advertir os obstetras sobre a importância de cogitar o diagnóstico de abdome agudo em presença de dores pélvicas na gestação. Relato: V.A.S., 30 anos, G3P1A1, prenhez ectópica anterior, 32 semanas, múltiplas malformações fetais (agenesia de vermis cerebelar, hipoplasia pulmonar à esquerda, hérnia diafragmática à direita, polidactilia). Admitida na Santa Casa com dor leve em fossa ilíaca direita, sem outros sintomas, foi medicada com analgésico e dispensada. Retorna oito horas após, com piora substancial do quadro, dispneia e distensão abdominal. Realizou-se ultrassom com diagnóstico de cálculo renal, com hidratação e sintomáticos. Após 48 horas houve piora progressiva do quadro, sendo transferida ao serviço terciário. Apresentou-se em mau estado geral, afebril, abdome distendido com ruídos hidroaéreos ausentes. Ao exame obstétrico: dinâmica uterina presente, feto ativo, e ao toque, 8 cm de dilatação e apresentação pélvica. US e RX constataram abdome agudo, com cesárea imediata e diagnóstico de apendicite supurada, realizando-se apendicectomia. RN nasceu anoxiado, 1420g, múltiplas malformações, com óbito após 12 horas. Puérpera encaminhada à enfermaria, com alta no sétimo dia. Conclusão: O adiamento do diagnóstico de apendicite na gestação aumenta a probabilidade de complicações , sendo fator decisivo na piora do desfecho materno-fetal.

Palavras-chave


apendicite; abdome agudo; gestação

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.