Linfoma anaplásico de grandes células na perna com boa resposta ao tratamento

Marcelo Gil Cliquet, Mariana Emi Varicoda Makyama, Ana Carolina Chagas Negrão de Almeida Barros, Jéssica Marques Lupion, Gabriela Perroti Sera, André Filipi Santos Sampaio, Manoela Trevisan Vigorito, Fabio Moreira Campos

Resumo


Introdução: O linfoma anaplásico de grandes células (LAGC) pode ser quinase linfoma anaplásico de grandes células (ALK) positivo ou ALK negativo que é mais comum em adultos de 40 à 60 anos e associado a um pior prognóstico. Os achados do LACG são linfonodomegalias e lesões cutâneas. O diagnóstico é feito pelo estudo histopatológico e a imuno-histoquímico. As principais terapias utilizadas são quimioterapia (QT) com ciclofosfamida, doxorrubicina, vincristina, etoposida e prednisona (CHOEP) e radioterapia. Objetivo: Relatar o caso de LAGC na perna com boa resposta ao tratamento. Metodologia: Dados obtidos pela análise do prontuário da paciente. Relato de caso: Em abril/2016, paciente de 54 anos, sexo feminino, foi encaminhada ao Ambulatório de Hematologia com queixa de múltiplas linfonodomegalias há 5 meses. Ao exame físico observou-se linfonodomegalias difusas e indolores em cadeias cervicais, supraclaviculares, axilares e iguinais; além de tumorações endurecidas, conglomeradas, eritematosas e descamativas no membro inferior direito. A paciente já havia realizado hemograma, DHL, testes sorológicos, ultrassonografia abdominal e inguinal, estudo imununo-histoquímico e tomografia por emissão de pósitrons (PET-CT), que levaram ao diagnóstico de LAGC ALK negativo. Foi prescrita quimioterapia com 7 ciclos de CHOEP e 20 sessões de radioterapia em região inguinal direita. Em fevereiro/2017 a paciente retornou ao ambulatório sem queixas, com exames normais e apenas lesões cicatriciais na perna direita. Conclusão: Embora a ausência de expressão da proteína ALK indique mau prognóstico a paciente obteve sucesso com o tratamento, evoluindo com regressão da lesão cutânea na perna.

Palavras-chave


linfoma anaplásico de grandes células; imunohistoquímica; quimioterapia; radioterapia

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.