Sangramento vaginal na infância

Alcinda Aranha Nigri, Lisandra Batalha Marão, Ana Carolina Jorge Fogolin, Marcelo Welker Sapojkin Rossine, Raquel Rebouças de Biasi Dias

Resumo


Introdução: A endocervicite é uma doença rara em meninas pré púberes, sendo necessário diferenciar de outras patologias mais comuns que cursam com quadro de sangramento vaginal. Objetivos: Informar ao pediatra que apesar de rara, a endocervicite crônica pode ser causa de sangramento vaginal na infância, sendo simples o tratamento. Metodologia: Diagnosticada através da clínica com auxílio de exames, excluindo diagnósticos diferenciais, e confirmada com anatomopatológico. Resultados/Relato de caso: M.M.O.L., 4 anos e 6 meses, feminino e branca vem encaminhada ao CHS no dia 11 de Julho de 2017 com queixa de sangramento vaginal há 5 dias. No início de pequeno volume (gotas e pequenos coágulos) e evoluiu com aumento no volume, cor vermelho rubro e coágulos grandes. Foi realizado na origem exames laboratoriais e USG pélvico, sem alterações. Mãe refere ter tido episódio semelhante em Agosto do ano passado, porém em menor volume que cessou espontaneamente após 2 dias. Na ocasião foram feitos exames hormonais sem alterações. USG pélvico com útero e ovário com dimensões infantis. Foi admitida em bom estado geral, descorada +/4+. Exame físico sem alterações, exceto por dor à palpação profunda de baixo ventre. Vagina com hímen integro, M1G1. A paciente evoluiu após uma semana com quadro de febre, cefaleia, recusa alimentar e sangramento fétido. Foi solicitado vaginoscopia, com achado histopatológico de endocervicite crônica. Foi prescrito Ampicilina + Sulbactam, evoluindo com melhora do quadro e cessando o sangramento após 2 dias. Conclusões: Apesar de raro, crianças também podem apresentar endocervicite crônica regredindo com uso de antibiótico.

Palavras-chave


sangramento vaginal; criança; pré-pubere, endocervicite

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.