Estudo comparativo da distribuição do peso e estatura de pacientes portadores da Síndrome de Turner em situações citogenéticas diferentes

Carlos Alberto Russi Colette, Frederico Grizzi de Campos, Priscilla Chamelete Andrade, Rosália Prado Padovani, Flávia Guzzon Boschini, Júlio Boschini Filho

Resumo


Objetivos: O presente trabalho tem por objetivo investigar a influência da condição citogenética no desenvolvimento pôndero-estatural em pacientes portadores da Síndrome de Turner (ST) Metodologia: A casuística consistiu de 32 pacientes com ST. As análises cromossômicas foram realizadas em 50 metáfases de linfócitos do sangue periférico. Esses pacientes foram classificados de acordo com os resultados do exame de cariótipo em 3 grupos: I – Monossomia de X, 53,12%; II – Alterações estruturais do cromossomo X, 12,50%; III – Mosaicismo, 34,34% dos pacientes. Foi calculada a diferença percentual entre as médias de estatura e peso dos mesmos e estes dados comparados à população normal (Marcondes, 1971). Os valores obtidos foram submetidos à análise estatística. Resultados: Os grupos I e III apresentaram déficit de peso e estatura em relação aos normais, sendo o déficit de peso comprovadamente maior que o estatural. No grupo II, os resultados sugerem que isso também ocorra, não havendo porém, significância estatística. Também observamos que o déficit pôdero-estatural do grupo III foi menos acentuado em relação ao grupo I. Conclusões: Estes resultados indicam que a situação citogenética exerce influência no desenvolvimento pôndero-estatural em portadores da ST, sendo o déficit estatural mais acentuado nos casos de monossomia de X.

Palavras-chave


Síndrome de Turner; peso; estatura; genética; citogenética

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



Apoio: ..............................................................................................................................................

    

Fundação São Paulo - Hospital universitário

 



 

Rev. Fac. Ciênc. Méd. Sorocaba, Sorocaba, SP, Brasil, e-ISSN 1984-4840

A Revista da Faculdade de Ciências Médicas de Sorocaba está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.