A imagem no contexto pedagógico: o artefato visual para os surdos

Maria Aparecida Vieira de Melo, Ricardo Santos de Almeida

Resumo


Resumo

A educação visual para os surdos é de, sobremaneira, importante para o processo de aprendizagem destes sujeitos. Desta feita, a educação visual nesta investigação ganha centralidade, tendo por finalidade analisar os artefatos visuais para o processo de ensino e aprendizagem, descrever a percepção dos surdos em relação a aprendizagem por meio do audiovisual, e especificamente, explicitar os achados em relação a aprendizagem mediada pela educação visual. A curiosidade epistemológica deste estudo pauta-se em saber: como a educação visual promove a aprendizagem dos surdos em sua percepção? Metodologicamente a investigação está ancorada na teoria da análise do discurso de Michel Foucault (2008). As reflexões teóricas estão ancoradas em Carlos (2008; 2017; 2018) Maciel (2014), Santella (1999) e outros que se ocupam de dialogar sobre a educabilidade do olhar e a pedagogia crítica da visualidade. É importante ressaltar que os surdos não só consideram a educação visual como preponderante como necessitam dela, logo, os educadores devem adaptar os materiais didáticos para as suas necessidades, ou seja, vídeos com legendas e textos imagéticos. Conclui-se que os professores precisam de formação continuada específica para subsidiar o ensino imagético.

 

Palavras-Chave: Educabilidade do olhar. Surdos. Pedagogia crítica da visualidade. Análise do discurso.

 

The image in the pedagogical context: the visual artifact for the deaf

 

Abstract

Visual education for the deaf is of great importance for the learning process of these subjects. This time, the visual education in this research is centered in order to analyze the visual artifacts for the teaching and learning process, to describe the perception of the deaf in relation to learning through the audiovisual, and specifically, to explain the findings in relation to learning mediated by visual education. The epistemological curiosity of this study is based on knowing: how does visual education promote the learning of the deaf in their perception? Methodologically the research is anchored in Michel Faucault's theory of discourse analysis. The theoretical reflections are anchored in Carlos (2008, 2017, 2018) Maciel (2014), Santella (1999) and others who are engaged in dialogue about the educability of the gaze and the critical pedagogy of visuality. It is important to emphasize that the deaf not only consider visual education as preponderant as they need it, so educators must adapt didactic materials to their needs, that is, videos with captions and images texts. It is concluded that teachers need specific continuing education to subsidize imaging teaching.

 

Keywords: educability of the look. Deaf people. Critical pedagogy of visuality. Speech analysis.

 


Palavras-chave


Educabilidade do olhar; Surdos; Pedagogia crítica da visualidade; Análise do discurso

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/1982-6672.2020v13i37a6

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1982-6672

DOI 10.23925/1982-6672