A música popular brasileira através de uma perspectiva frankfurtiana: estudos de caso

Santoleri Villa Barbeiro

Resumo


O presente trabalho procurou discorrer acerca da idéia da música popular brasileira, em dois períodos distintos, (de 1902 a 1954 e de 1964 à 1988) tendo como base teórica principal a idéia de “popular” levada à cabo pelos pensadores da Escola de Frankfurt. As afirmações feitas, no mesmo, não pretendem encerrar quaisquer assuntos acerca da temática apresentada, procurando, na realidade, estabelecer ligações e indagações entre os momentos trabalhados e a emergência dos meios de comunicação de massa.

Palavras-chave


Cultura popular; Música popular; Engajamento politico; Comunicação de massa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN 1982-6672

DOI 10.23925/1982-6672