Sincretismo e questão racial: relações lexicais e representações conflitantes em dois jornais e duas revistas impressas brasileiras

Cláudio Márcio do Carmo, Célia Maria Magalhães

Resumo


Na área das Ciências Sociais, em especial a Antropologia, o sincretismo tem comumente sido foco de estudo. Na área de estudos linguísticos, a pesquisa sobre esse tema é ainda incipiente. Este artigo tem como objetivo contribuir para preencher essa lacuna nos estudos linguísticos, partindo da análise do item lexical sincretismo como culturalmente relevante para o estudo de discursos sobre a questão racial, mediados por veículos de comunicação impressa. Utiliza-se como referencial teórico a Análise Crítica do Discurso e algumas ferramentas da Linguística de Corpus para a análise das relações lexicais estabelecidas com o item sincretismo em dois jornais e duas revistas de informação geral. Alguns dos resultados apontam para um conflito entre diferentes discursos religiosos e uma tensão no discurso da democracia racial brasileira.

Palavras-chave


sincretismo; relações lexicais; questão racial; Análise Crítica do Discurso.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Revista Delta-Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada ISSN 1678-460X