Escolhas tradutórias como sistemas representacionais: um estudo dos processos no conto “Amor” de Clarice Lispector

Autores

  • Rodrigo Esteves de Lima-Lopes Universidade Estadual de Campinas - Instituto de Estudos da Linguagem/Departamento de Linguística Aplicada/Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada - Campinas

Palavras-chave:

Gramática Sistêmico-Funcional, Transitividade, Corpora, Tradução

Resumo

Este trabalho tem por objetivo discutir as escolhas de transitividade, comparando o conto “Amor”, publicado pela escritora Clarice Lispector no livro “Laços de Família” em português, e sua tradução para o inglês. A análise contou com a utilização do software “UAM CorpusTool”,   de caráter quanti/qualitativo que possibilita mapeamento de sistemas linguísticos em uma perspectiva funcional (O’Donnell 2016) e de uma ferramenta online de alinhamento de corpora (YouAlign 2016). Os resultados apontam para algumas diferenças quanto ao uso e frequência de processos, havendo equivalência de escolhas na maioria dos casos. Os exemplos que destoam parecem servir à construção de sistemas textuais específicos, motivados por questões culturais da língua de chegada.

 

Downloads

Edição

Seção

Artigos