Avaliação e Avaliatividade em discursos de alunos surdos à luz da LSF

Autores

  • Osilene Maria de Sá e Silva da Cruz Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) - Departamento de Ensino Superior (DESU) - Rio de Janeiro - RJ

Palavras-chave:

Linguística Sistêmico-Funcional, Avaliatividade, Português para graduandos surdos

Resumo

Este trabalho apresenta a análise discursiva de resenhas elaboradas por graduandos surdos do curso de Pedagogia do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), com base nas abordagens teórico-metodológicas da Linguística Sistêmico-Funcional (Halliday 1994; Halliday e Mattiessen 2004), do Sistema de Avaliatividade (Martin e White 2005) e no que propõem pesquisadores interessados no ensino de Língua Portuguesa escrita para surdos (Quadros 2004; Lodi 2005; 2006; 2013; Lodi et al 2014; Fernandes 1999; Almeida, Santos e Lacerda 2015; entre outros). O ensino da resenha foi realizado a partir da proposta de Ramos (2004) e a análise das produções revela a presença de marcas avaliativas principalmente da categoria Julgamento do Sistema de Avaliatividade, destacando questões éticas e identitárias sobre preconceito, exclusão e inclusão social e educacional. O trabalho revela também a importância do uso de estratégias adequadas de ensino de Língua Portuguesa escrita para aprendizes surdos

Downloads

Edição

Seção

Artigos