Estratégias de impolidez como propriedades definidoras de interações polêmicas

Autores

  • Gustavo Ximenes Cunha Faculdade de Letras e Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos da Universidade Federal de Minas Gerais – Minas Gerais, Belo Horizonte

Palavras-chave:

processo de negociação, interação polêmica, estratégias de impolidez, Superior Tribunal Federal

Resumo

Adotando contribuições teórico-metodológicas da Análise do Discursointeracionista, partimos da hipótese de que as interações polêmicaspossuem três propriedades estruturais características: 1) expansão dainteração com reações negativas e contra-proposições, 2) ausência deratificação e 3) processos de negociação secundários. Por meio da análisede um excerto de uma sessão do Superior Tribunal Federal, verificamosque essas propriedades atuam como estratégias de impolidez que permitemcaracterizar uma interação como polêmica ou conflituosa.

Downloads