"Olha para mim..." a gagueira como demanda de reconhecimento no espaço familiar

Vanessa Ieto, Roberta Ecleide de Oliveira Gomes Kelly

Resumo


A gagueira é um campo de difícil investigação devido às inúmeras variáveis que nela influem. Uma destas variáveis é o ambiente familiar. Por esta razão, é importante que se auxilie o paciente a elaborar novas versões de si e a compreender seu sintoma manifesto na fala: a gagueira. Assim, é importante que se busque a demanda que se “esconde” na queixa da gagueira enunciada pelo paciente. Para tal, este trabalho objetivou conhecer, a partir da literatura disponível, as relações possíveis entre o sintoma gagueira e os aspectos familiares, numa perspectiva psicanalítica; e os aspectos familiares que favorecem ou não o surgimento do sintoma. Para viabilizar o estudo e sua compreensão, foi utilizado um estudo de caso cujos resultados puderam mostrar como os aspectos familiares podem ser importantes para que se entenda o paciente e seu sintoma e por que a compreensão destes aspectos por parte do paciente é de grande importância. Devido à metodologia utilizada, não foi possível fazer generalizações, mas, sim, mostrar a necessidade de se escutar o paciente e sua gagueira além do sintoma manifestado na fala.

Palavras-chave


gagueira; psicanálise; adolescência; pais.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.