Audiometria de reforço visual em lactentes nascidos a termo e pré-termo: nível mínimo de resposta

Laís Ferreira, Amália El Hatal de Souza, Bianca Bertuol, Ândrea de Melo, Inaê Costa Rechia, Eliara Pinto Vieira Biaggio

Resumo


Objetivo: Analisar os Níveis Mínimos de Respostas (NMRs) em lactentes, nascidos a termo e pré-termo, considerando algumas variáveis. Além de investigar a relação entre os NMRs e os diferentes Indicadores de Risco para Deficiência Auditiva (IRDAs). Metodologia: A amostra foi composta por 114 lactentes que apresentaram resultado “passa” na Triagem Auditiva Neonatal (TAN), de seis a oito meses de idade, distribuídos em dois grupos conforme a idade gestacional. Grupo Termo: 75 lactentes e Grupo Pré-termo: 39 lactentes. Realizou-se a Audiometria de Reforço Visual (ARV) com o audiômetro pediátrico, buscando os NMRs. Resultados: Não houve diferença estatisticamente significante entre NMR em relação ao lado de apresentação. Os NMRs em 2KHz e 4KHz no Grupo Termo foram menores nos bebês do gênero feminino. Ao comparar NMRs dos dois grupos não houve diferença estatisticamente significante. Os lactentes que apresentaram os IRDA: permanência na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), uso de medicação ototóxica, ventilação mecânica e uso de fumo pela mãe durante o período gestacional apresentaram os maiores NMRs. Conclusão: Não houve diferença estatisticamente significante nos NMRs em relação ao lado de apresentação dos estímulos e entre os grupos. Observou-se que os lactentes do gênero feminino, do Grupo Termo, apresentaram menores NMRs nas frequências de 2KHZ e 4KHZ. Alguns IRDAs  influenciam no desempenho dos lactentes na ARV.

 


Palavras-chave


audiometria; audição; comportamento do lactente; lactente

Texto completo:

PDF PDF (English)

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




A revista Distúrbios da Comunicação e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em https://revistas.pucsp.br/dic. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em https://revistas.pucsp.br/dic.