Fonoaudiologia na comunidade em período de pandemia

relato de experiências de estudantes de graduação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.23925/2176-2724.2022v34i2e54757

Palavras-chave:

Atenção primária à saúde, Aprendizagem, Educação, COVID-19

Resumo

Introdução: A pandemia de Covid-19 tem exigido adaptações e planejamentos constantes das instituições de ensino para a manutenção das atividades acadêmicas. Houve a substituição das disciplinas presenciais por remotas, através das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs). Como as atividades de cunho prático (como estágios acadêmicos) são fundamentais para os estudantes da Saúde, elas também migraram para a forma remota. Diante disso, modelos assíncronos de fornecimento de serviço foram sugeridos e regulamentados nesse período pandêmico. Objetivo: Relatar a experiência de estagiários do curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo na aplicação de atividades remotas direcionadas a escolares e idosos usuários de serviços de Atenção Primária à Saúde, durante a pandemia. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, do tipo relato de experiência. Resultados: Foram elaboradas ações passíveis de realização no ambiente domiciliar, segmentadas em atividades físicas, de linguagem e de memória, todas com abordagem lúdica, fornecendo oportunidades de interação e estimulação/aprimoramento dessas habilidades. Para os estudantes, as experiências foram fundamentais para o desenvolvimento dessa nova metodologia, estimulando sua criatividade. Conclusão: As atividades remotas dirigidas às crianças e idosos permitiram que essas populações fossem amparadas durante a restrição social. O estabelecimento de contato com o público-alvo e a possibilidade de interação com a comunidade foi muito importante para os estudantes. É possível a replicação das ações propostas a qualquer grupo, desde que sejam adequadas à faixa etária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Metrics

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Gilberto da Cruz Leal, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Curso de Fonoaudiologia

Departamento de Ciências da Saúde

 

Andréa Gracindo da Silva, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Curso de Fonoaudiologia

Departamento de Ciências da Saúde

 

Laura Lima Costa, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Curso de Fonoaudiologia

Departamento de Ciências da Saúde

Gabriela Gomes Prado de Almeida Vita, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Curso de Fonoaudiologia

Departamento de Ciências da Saúde

 

Bruna Marques Maran, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Curso de Fonoaudiologia

Departamento de Ciências da Saúde

 

Tatiane Martins Jorge, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo

Curso de Fonoaudiologia

Departamento de Ciências da Saúde

 

Referências

Médici MS, Tatto ER, Leão MF. Percepções de estudantes do ensino médio das redes pública e privada sobre atividades remotas ofertadas em tempos de pandemia do coronavírus. Revista Thema [Internet]. 2020 [acesso em 2021 jun 18]; 18 (especial): 136-55. Disponível em: https://periodicos.ifsul.edu.br/index.php/thema/article/view/1837/1542

Neves VNS, Machado CJS, Fialho LMF, Sabino RN. Utilização de lives como ferramenta de educação em saúde durante a pandemia pela Covid-19. Educ. Soc. [Internet]. 2021 [acesso em 2021 jun 10]; 42: 1-17. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/yVCyYWbQPrZNYdB9sYtWwHt/?lang=pt&format=pdf

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria No 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - COVID-19. Diário Oficial da União. Brasília, 2020.

Camacho ACLF, Joaquim FL, Menezes HF, Sant´Anna RM. Tutoring in distance education in times of Covid-19: relevant guidelines. Res., Soc. Dev. [Internet]. 2020 [acesso em 2021 jun 6]; 9(5): e30953151. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/3151/2354

Junior VBS, Monteiro JCS. Educação e Covid-19: as tecnologias digitais mediando a aprendizagem em tempos de pandemia. Revista Encantar, Educação, Cultura e Sociedade [Internet]. 2020 [acesso em 2021 abr 28]; 2: 1-15. Disponível em: https://www.revistas.uneb.br/index.php/encantar/article/view/8583

Conselho Federal de Fonoaudiologia. Resolução CFFa nº580, de 20 de agosto de 2020. Dispõe sobre a regulamentação da Telefonoaudiologia e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília, 2020.

Vygotsky LS. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 7 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Bomtempo E. A brincadeira do faz de conta: lugar do simbolismo, da representação, do imaginário. In KISHIMOTO TM. Jogo, brinquedo, brincadeira e a educação. 8 ed. São Paulo: Cortez, 2005.

Sá CSC, Pombo A, Luz CC, Rodrigues LP, Cordovil R. Covid-19 social isolation in Brazil: effects on the physical activity routine of families with children. Rev. paul. pediatr. [Internet] 2021 [acesso em 2021 abr 15]; 39: e2020159. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rpp/a/rp7gw57vvXhQ5vG899PKMXJ/?format=pdf&lang=pt

Kim J. Learning and teaching online during Covid-19: experiences of student teachers in an early childhood education practicum. IJEC. [Internet]. 2020 [acesso em 2021 abr 18]; 52: 145-58. Disponível em: https://link.springer.com/content/pdf/10.1007/s13158-020-00272-6.pdf

Siegle CBH, Pombo A, Luz C, Rodrigues LP, Cordovil R, Sá CSC. Influence of family and household characteristics on children’s level of physical activity during social distancing due to covid-19 in Brazil. Rev. paul. pediatr. [Internet]. 2021 [acesso em 2021 abr 15]; 39: e2020297. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rpp/a/MvCJ3PNmtXhJTRCmgQjwnSg/?format=pdf&lang=en

Fernandes-Eloi J, Costa LJR. Suicídio na velhice - um estudo de revisão integrativa da literatura. CES Psicol. [Internet]. 2019 [acesso em 2021 abr 4]; 12(1): 80-95. Disponível em: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2011-30802019000100080

Ceccon RF, Vieira LJAS, Brasil CCP, Soares KG, Portes VM, Garcia JCAS et. al. Envelhecimento e dependência no Brasil: características sociodemográficas e assistenciais de idosos e cuidadores. Ciênc. Saúde Colet. [Internet]. 2021 [acesso em 2021 mar 25]; 26(1); 17-26. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/QjLJcbQ6YzPQNWhBXmsWCVs/?format=pdf&lang=pt

Santiago LM, Graça CML, Rodrigues MCO, Santos GB. Caracterização da saúde de idosos numa perspectiva fonoaudiológica. Rev. CEFAC [Internet]. 2016 [acesso em 2021 abr 12];18(5): 1088-96. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rcefac/a/Y7GKTDwTnz7Zvb43kr5YzTG/?format=pdf&lang=pt

Santana RF, Alexandrino SA, Soares TS, Santos GL, Bamber EMM, Oliveira TM. ​Oficinas de estimulação cognitiva para idosos com queixa subjetiva de memória e humor. ​Rev. Enf. UFSM [Internet]. 2018 [acesso em 2021 set 6]; 8(4): 716-30. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reufsm/article/view/31200/pdf.

Gomes ECC, Souza SL, Marques APO, Leal MCC. Treino de estimulação de memória e a funcionalidade do idoso sem comprometimento cognitivo: uma revisão integrativa. C&SC [Internet]. 2020 [acesso em 2021 jun 19]; 25(6): 2193-202. Disponível em: https://www.scielosp.org/pdf/csc/2020.v25n6/2193-2202/pt

Zimmer M, Marchi ACB, Colussi EL. Treino de memória em idosos: o tablet como ferramenta de intervenção. Psico. Saúde doenças. [Internet] 2017 [acesso em 2021 abr 25]; 18(2): 360-73. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/362/36252193007.pdf.

Publicado

2022-08-01

Edição

Seção

Comunicações