ESTÁGIO SUPERVISIONADO E INVESTIGATIVO EM FÍSICA: ambiente de validação do diálogo como saber docente.

ALEXANDER MONTERO CUNHA, LEONARDO ANDRÉ TESTONI, GUILHERME BROCKINGTON, SILVIA MARIA DE PAULA

Resumo


O estágio supervisionado investigativo propicia ao futuro professor de física uma oportunidade de se engajar nos processos de pesquisa sobre o ensino e a sua própria prática, além da aplicação de intervenções didáticas em sala de aula mais recorrente nos estágios supervisionados. Entendendo o estágio supervisionado como um espaço de produção de conhecimento, o presente trabalho possui como objetivo analisar a elaboração e a validação de saberes docentes relativos ao uso do diálogo e das atividades experimentais como estratégias no ensino de Física. Tal análise foi realizada durante o estágio de dois estudantes que cursavam o último ano da licenciatura em Física em uma Universidade Pública Brasileira. Esse estudo, de natureza qualitativa, também buscou baseado no saber da ação pedagógica proposto por Gauthier et. al. (1998), elementos da generalização desses saberes por parte dos licenciandos ao socializar suas experiências com outros futuros docentes. Para a análise dos resultados obtidos, foram utilizados seus relatos em reuniões supervisionadas semanais, portfólio confeccionado pelos próprios licenciandos, apresentação final do estágio na disciplina de Metodologia do Ensino de Física e uma entrevista final realizada com esses licenciandos. Os resultados permitiram obter elementos que relacionaram o estágio investigativo com a validação de saberes docentes de um futuro professor, tornando-o um processo de formação contínua. A referida análise faz parte de um trabalho mais abrangente sobre a aprendizagem docente no estágio investigativo.

 


Palavras-chave


formação inicial docente; estágio Investigativo; saberes da ação pedagógica.

Texto completo:

PDF

Referências


ABIB, Maria Lucia V. dos S. A pesquisa em ensino e a sala de aula: articulações necessárias na formação de professores, In GARCIA, N. D., HIGA, I; ZIMMERMANN, E.; SILVA, C.C.; MARTINS, A. F. P. (Org.). A pesquisa em ensino de física e a sala de aula: articulações necessárias. São Paulo: Ed. SBF, pp. 227-238, 2010.

BARDIN, Laurence. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2002.

BRASIL. Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, 1996. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acessado em 12/12/2015.

BOGDAN, R. & BIKLEN, S. Investigação Qualitativa em Educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto Editora, 1994.

FAZENDA, Ivani Catarina Arantes. A pesquisa como eixo da formação de docentes interdisciplinares. In: FAZENDA, Ivani Catarina Arantes e FERREIRA, Nali R. S. F. (orgs.) Formação de docentes interdisciplinares. Curitiba: Editora CRV, 2013.

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Ed. Unujuí, 1998.

LENOIR, Yves. Três interpretações da perspectiva interdisciplinar em educação em função de três tradições culturais distintas. Revista E-curriculum, São Paulo, v. 1, n. 1, dez-jul 2005-2006.

LUDKE, Menga, ANDRE, Marli. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. 11ª Ed. São Paulo: N.E.P.U., 2008.

PIMENTA, Selma Garrido e LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e Docência. 5ª Ed. São Paulo: Cortez, 2010.

TARDIF, Maurice. Saberes Docentes & Formação de Professores. 9ª Ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

TARDIF, Maurice; RAYMOND, David. Saberes, Tempo e Aprendizagem do Trabalho no Magistério in Educação e Sociedade, n.21, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Interdisciplinaridade. Revista do Grupo de Estudos e Pesquisa em Interdisciplinaridade. ISSN 2179-0094.

ISSN 2179-0094

Interdisciplinaridade está indexada em:

Indexadores e Bases de Dados:

    

Bibliotecas:

BASARAB - http://basarab.nicolescu.perso.sfr.fr/ciret/indexen.html

CETRANS - http://www.cetrans.com.br/

FAE - http://www2.fae.edu/curitiba/

PLANETA EDUCAÇÃO - http://www.planetaeducacao.com.br/portal/index.asp

UFMS - http://www-nt.ufms.br/

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA - http://www.unb.br/

ÉVORA - http://www.uevora.pt/

INST. LUSO BRAS. DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS - http://www.eventos.uevora.pt/ilb/apres.htm

SATURNINO DE LA TORRE http://www.facebook.com/people/Saturnino-de-la-Torre/100001004364389

SHERBROOKE - http://www.usherbrooke.ca/

TOULOUSE - http://www.univ-tlse1.fr/

UNIVERSITÉ FRANÇOIS RABELAIS - http://www.univ-tours.fr/

UBIRATAN LAMBROSIO http://vello.sites.uol.com.br/ubi.htm

 

A Revista Interdisciplinaridade e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/interdisciplinaridade. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/interdisciplinaridade.