Características de rede de suporte social masculina e feminina no quadrante família do Mapa Mínimo de Relações Sociais do Idoso-MMRI, de estudantes frequentadores de Universidade Aberta à Terceira Idade

Maria Juliana Torres, Tiago Nascimento Ordonez, Thaís Bento Lima-Silva, Marisa Accioly Domingues, Samila Sathler Tavares Batistoni, Ruth Cadeira de Melo, Andrea Lopes, Mônica Sanches Yassuda, Meire Cachioni

Resumo


Objetivou-se comparar as características das redes de suporte social de homens e mulheres quanto ao tamanho de rede, frequência de contatos e funções desempenhadas pela família. Trata-se de estudo prospectivo, de caráter sociométrico com 243 idosos de Universidade a Universidade Aberta à Terceira Idade. Utilizou-se o Mapa Mínimo de Relações do Idoso. Houve semelhança entre os sexos nas médias do quadrante da família, total de registros na maioria das funções, exceto no auxílio às atividades domésticas, índices de suporte social. O tamanho de rede social foi similar nas redes pequenas, médias e grandes. No quadrante família, quase todas as funções apresentaram os mesmos valores. Para esta população, ambos possuem aspectos da rede de suporte social semelhantes, não apresentando diferenças significativas.

Palavras-chave


Gênero e Suporte Social; Suporte social masculino; Suporte social feminino; Mapa Mínimo de Relações do Idoso; Gênero

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2012v15iEspecial14p53-70

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.