Questionário de Expressão Emocional aplicado a idosos: indicadores psicométricos e relações com variáveis sociodemográficas e afetivas

Monique Alves de Oliveira, Samila Sathler Tavares Batistoni, Ruth Caldeira de Melo, Mônica Sanches Yassuda, Marisa Accioly Domingues, Andrea Lopes, Meire Cachioni

Resumo


Foram examinados os indicadores psicométricos de validade e confiabilidade do Questionário de Expressão Emocional (QEE), de Gross e John (1995), quando aplicado a idosos brasileiros. O presente estudo examinou também as relações entre o QEE e variáveis sociodemográficas, de experiência emocional e de presença de sintomas depressivos. A amostra foi composta por 256 idosos frequentadores de uma Universidade Aberta à Terceira Idade com idade média de 67 anos (±5,54). A Análise Fatorial Exploratória replicou os domínios originais do instrumento. O coeficiente alpha de Cronbach foi de 0,73 e o índice de correlação teste-reteste de >0,60. As maiores pontuações médias dos idosos foram em expressividade positiva e força do impulso. Gênero, renda, escolaridade e estado civil, experiência afetiva e depressão geraram diferenças individuais em expressividade emocional. O instrumento revelou bons indicadores psicométricos e seus correlatos sociodemográficos e afetivos sugeriram a manutenção do funcionamento emocional na velhice.

Palavras-chave


Envelhecimento; Expressão Emocional; Indicadores Psicométricos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2012v15iEspecial14p89-106

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.