Amor, relacionamentos amorosos e poliamor na perspectiva de jovens universitários e idosos

Natani Harumi Hatakeyama, Thiago de Almeida, Deusivania Vieira da Silva Falcão

Resumo


Este estudo teve por objetivo investigar as crenças de jovens universitários e idosos sobre: os conceitos por eles atribuídos à palavra amor, e o que entendem como relacionamentos amorosos, sejam estes monogâmicos, poligâmicos ou poliamorosos. Trata-se de um estudo exploratório, transversal e descritivo. Participaram da pesquisa sete jovens universitários, com idades variando entre 22 a 42 anos e cinco idosos, e idades entre 62 e 68 anos. A amostra foi obtida por conveniência. Observou-se que os conceitos de amor, relacionamentos amorosos, e poliamor são heterogêneos, sendo influenciados pela vivência de cada indivíduo. Alguns fatores externos podem ter contribuído para a formação da concepção do indivíduo, como a cultura, o grupo social, a época vivida etc.


Palavras-chave


Amor; Poliamor; Velhice.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2017v20i2p271-292

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.