A música e o processo de ressignificação da cidadania do idoso sob a ótica kairosiana da temporalidade

Rafael Ludovico Moreira, Flamínia Manzano Moreira Lodovici, Nadia Dumara Ruiz Silveira

Resumo


A abordagem de temas como música, cidadania e temporalidade caracteriza-se por sua complexidade, resultante da recomposição contínua das articulações desses componentes na perspectiva do seu desenvolvimento histórico-cultural, considerando-se a dimensão local e global. A história particularmente é entendida como uma sucessão ininterrupta de fatos que marcam a evolução da humanidade, a qual deve ser compreendida na sua pluralidade e no seu sentido dialético. Este estudo emerge nesse contexto com o objetivo de compreender o processo de ressignificação das velhices e do exercício da cidadania na concepção kairosiana, levando-se em conta o papel mediador da música na vida dos idosos, e as ressonâncias da sua abrangência nos aspectos biológicos, psicológicos e político-sociais.


Palavras-chave


Música; Envelhecimento; Cidadania; Temporalidade; Kairós.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2016v19i4p425-444

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.