Relação do grau de cifose torácica com os níveis de densidade mineral óssea em mulheres idosas

Bruno Sousa Lopes, Gustavo de Azevedo Carvalho, Viviane Lemos Silva Fernandes, Raphael Lopes Olegário, Aline dos Santos Prado, Lucy Gomes

Resumo


O objetivo deste trabalho foi mensurar o grau de cifose torácica em mulheres idosas, por meio do Método Flexicurva, correlacionando este achado com o de Densitometria Óssea (DMX), hábitos de vida e características antropométricas. Foram selecionadas 100 mulheres que haviam realizado o exame de DMX e divididas em 3 grupos de acordo com o nível de densidade mineral óssea (DMO): normal, osteogênicas e osteoporóticas. Realizou-se avaliação do grau de cifose torácica com o método Flexicurva. As variáveis: grau de cifose; DMO; idade; dados antropométricos foram comparadas entre os grupos e comparadas com os hábitos de vida. O grupo com osteoporose mostrou diferenças significativas quanto à idade, peso e IMC. Não foi observada diferença significativa nas variáveis relacionadas aos hábitos de vida. As participantes com osteoporose apresentaram maior grau de cifose torácica na postura habitual, porém sem diferença significativa entre os grupos. Também não houve correlação entre as variáveis analisadas. O envelhecimento, a diminuição do peso corporal e do IMC estão ligados ao processo de osteoporose. Flexicurva não foi capaz de diferenciar as idosas quanto ao nível de DMO.

 


Palavras-chave


Idoso; Densidade óssea; Osteoporose; Cifose.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2018v21i1p55-69

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.