Análise do grau de autonomia de residentes em uma Instituição de Longa Permanência

Lúcia Aline Moura Reis, Cristal Ribeiro Mesquita, Maira Cibelle da Silva Peixoto, Sarah Maria Souza Viégas, Cinthia Brígida Brito de Moraes

Resumo


Estudo descritivo/quantitativo realizado no período de novembro e dezembro de 2015. A coleta de dados se deu com 22 institucionalizados por meio da aplicação das escalas de Katz e Lawton & Brody. Constatou-se predomínio da independência para AVD (81,8%) na escala de Katz, divergindo da escala de Lawton & Brody, que evidenciou grau moderadamente dependente (81,8%) para atividades instrumentais de vida diária. Haja vista os dados, observa-se que o grau de funcionalidade exige maior atenção visando à qualidade de vida no envelhecimento.

 


Palavras-chave


Saúde do idoso; Institucionalização; Autonomia pessoal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2017v20iEspecial23p191-204

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.