Relação entre independência funcional e qualidade de vida de idosos participantes de grupos de convivência.

Clara Janyelle Gomes de Carvalho, Luiz Eduardo Lima de Andrade, Bartolomeu Fagundes de Lima Filho, Ana Letícia de Souza Pereira, Fernanda Diniz de Sá, Socorro Luna Cruz

Resumo


Objetivou-se investigar a independência funcional e suas relações na qualidade de vida dos idosos participantes de grupos de convivência de Unidades Básicas de Saúde. Observa-se que a independência funcional apresenta correlação com a qualidade de vida dos idosos, havendo significância estatística para os domínios ‘Funcionamento do sensório’, ‘Autonomia’ e ‘Participação Social’. Concluiu-se que idosos funcionalmente independentes apresentam melhor qualidade de vida.

 

 


Palavras-chave


Qualidade de vida; Capacidade funcional; Idoso.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2176-901X.2019v22i2p589-605

Kairós está indexada em:

Bases de dados e Repositórios de periódicos com texto completo:


Catálogo de Bibliotecas:

Bibliotecas:

Diretório de Políticas Editoriais:

Associada:

ISSN 2176-901X

A Revista Kairós e os textos aqui publicados estão licenciados com uma Licença Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International. Baseado no trabalho disponível em http://revistas.pucsp.br/kairos. Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://revistas.pucsp.br/kairos.