Favelas no Brasil e em São Paulo: avanços nas análises a partir da Leitura Territorial do Censo de 2010

Autores

  • Suzana Pasternak FAUUSP Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo
  • Camila D'Ottaviano FAUUSP Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo

Palavras-chave:

favelas, assentamentos precários, habitação popular, pobreza urbana, censo demográfico

Resumo

Pensando nas formas de acesso à moradia da população de baixa renda no Brasil, este artigo pretende analisar, especificamente, as condições de moradia da população favelada, procurando, a partir dos dados censitários disponíveis, identificar o que significa morar numa favela no Brasil na primeira década do século XXI, a partir de algumas questões principais: houve aumento da população favelada no Brasil? Onde esse aumento foi mais expressivo? Como se deu esse aumento: a partir do surgimento de novas favelas ou no aumento das favelas existentes? Quais as características dos domicílios favelados? Houve melhora nos indicadores relacionados à infraestrutura? É também um esforço inédito de análise da base de dados “Leitura Territorial” dos domicílios favelados, base única disponibilizada pelo Censo 2010.

Biografia do Autor

Suzana Pasternak, FAUUSP Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie(1966), graduação em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo(1970), especialização em Urbanismo pela Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne(1968), especialização em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo(1970), mestrado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo(1975), doutorado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo(1983) e pós-doutorado pela Penn Institute for Urban Resaerch(2013). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo e Membro de corpo editorial da Cadernos Metrópole (PUCSP). Tem experiência na área de Planejamento Urbano e Regional, com ênfase em Fundamentos do Planejamento Urbano e Regional. Atuando principalmente nos seguintes temas:Favela, Habitacao Popular, Estudos Urbanos.

Camila D'Ottaviano, FAUUSP Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo

Arquiteta e Urbanista graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo - FAUUSP (1994). Mestre em Estruturas Ambientais Urbanas (2002) e doutora em Arquitetura e Urbanismo, sub-área Habitat (2008) pela FAUUSP. Docente do Grupo de Metodologia da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. É pesquisadora e membro do Conselho Científico do NAPPLAC - Núcleo de Apoio à Pesquisa: Produção e Linguagem do Ambiente Construído, participa dos grupos de pesquisa Grupo de Estudos sobre a Produção do Espaço Contemporâneo: Políticas, Planos e Projetos Urbanos (FAUUSP), Grupo de Pesquisa sobre as Cidades Contemporâneas (UFRN), Redistribuição Espacial da População e Urbanização (NEPO-UNICAMP) e é pesquisadora do Observatório das Metrópoles desde 2004.

Downloads

Publicado

2016-03-12