Os interesses políticos no processo de criação da Região Metropolitana de Umuarama, PR

Autores

  • Renato Alves de Oliveira Universidade Estadual de Maringá - Programa de Pós-Graduação em Administração https://orcid.org/0000-0003-3544-9046
  • William Antonio Borges Professor Adjunto na Universidade Estadual de Maringá. Pesquisador no Observatório das Metrópoles (Núcleo Maringá-UEM). https://orcid.org/0000-0001-6008-9738

DOI:

https://doi.org/10.1590/2236-9996.2021-5107

Palavras-chave:

Região Metropolitana de Umuarama, governança interfederativa, Estatuto da Metrópole, interesses políticos

Resumo

Neste trabalho, buscou-se construir uma inteligibilidade sobre os interesses políticos inscritos no processo de criação da Região Metropolitana de Umuarama (RMU). Para tanto, a pesquisa mobilizou a legislação vigente, o Estatuto da Metrópole, base jurídica para a dinâmica metropolitana e que estabelece critérios para a instituição de novas RMs. O percurso teórico abordou a literatura referente à questão metropolitana no Brasil e sobre o processo de políticas públicas. A metodologia empregada envolveu pesquisa documental e pesquisa de campo realizadas por meio de entrevistas semiestruturadas. Como resultado, a narrativa construída conta-nos que a decisão de criação da RMU foi baseada em interesses políticos, vinculados ao status de pertencer a uma RM, interesses imobiliários e eleitoreiros.

Biografia do Autor

Renato Alves de Oliveira, Universidade Estadual de Maringá - Programa de Pós-Graduação em Administração

Mestre em Administração no Programa de Pós-Graduação em Administração na Universidade Estadual de Maringá.

Professor na Unicesumar, na disciplina de Custos e Tributos Logísticos na Cadeia de Suprimentos, para o Curso de Pós-graduação – Especialização em Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos (Supply Chain Management).

Autor do Livro Custos e Tributos Logísticos na Cadeia de Suprimentos. ISBN 978-85-459-0913-2

Área: Logística - Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos

 

William Antonio Borges, Professor Adjunto na Universidade Estadual de Maringá. Pesquisador no Observatório das Metrópoles (Núcleo Maringá-UEM).

Doutor em Administração Pública e Governo pela FGV/EAESP (2013). Possui graduação em Administração pela UEM (2001) e mestrado em Geografia, também pela UEM (2004).Professor Adjunto no Departamento de Administração, na Universidade Estadual de Maringá (UEM). Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas (PPP-UEM). Professor no Programa de Mestrado e Doutorado em Administração (PPA-UEM) e no Programa de Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia (Profnit-UEM). Pesquisador no Observatório das Metrópoles (Núcleo Maringá-UEM). Coordena o Grupo de Pesquisa em Administração Pública (GPAP). Tem trabalhado com os seguintes temas: Políticas Públicas e território, Governança Interfederativa, Micropolíticas e Bem-estar comum.

Publicado

2021-05-20

Edição

Seção

Artigos Complementares