Participação política e Laboratórios de Inovação Cidadã: estudo dos CitiLab e MediaLab Prado na Espanha

Autores

  • Rafael de Paula Aguiar Araujo Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Faculdade de Ciências Sociais, Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais. São Paulo, SP/Brasil. https://orcid.org/0000-0002-7632-6053
  • Claudio Luis de Camargo Penteado Universidade Federal do ABC, Bacharelado em Ciências e Humanidades, Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas e Sociais. São Bernardo do Campo, SP/Brasil. https://orcid.org/0000-0002-8279-3643
  • Marcelo Burgos Pimentel dos Santos Universidade Federal da Paraíba, Departamento de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Ciência Política e Relações Internacionais e Programa Pós-Graduação em Sociologia. João Pessoa, PB/Brasil. https://orcid.org/0000-0001-7075-6258

DOI:

https://doi.org/10.1590/2236-9996.2021-5215

Palavras-chave:

Participação Política, Gestão Urbana, Laboratórios de Inovação Cidadã, Democracia, Comum

Resumo

Este artigo analisa os Laboratórios de Inovação Cidadã na promoção da cidadania e da gestão urbana, através de práticas participativas e de uso de tecnologias digitais, para o desenvolvimento da democracia em nível local. Aliado ao uso criativo, interativo e cooperativo das TICs, os laboratórios produzem práticas colaborativas em diferentes projetos nas áreas cultural, social e política, como alternativa à política tradicional. Por meio de um estudo exploratório e analítico das experiências do CitiLab Cornellà e do MediaLab Prado, ambos na Espanha, o artigo analisa algumas práticas de inovações desenvolvidas nesses espaços e suas influências nas políticas públicas locais, através da ideia de gestão urbana compartilhada. Os resultados apontam para experiências transformadoras que promovem a política do comum.

Publicado

2021-08-22

Edição

Seção

Artigos Complementares