Modelos institucionais de Parcerias Público-Privadas: habitação social no Brasil e nos Estados Unidos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.1590/2236-9996.2022-5502

Palavras-chave:

Parceria Público-Privada, Casa Paulista, instituições, habitação social, política habitacional

Resumo

Este artigo analisa o papel das instituições no avanço das Parcerias Público-Privada em concessões “verticais” de habitação de interesse social. O trabalho, de natureza qualitativa, identifica e compara os modelos institucionais do Brasil e dos Estados Unidos para assim determinar as suas especificidades em diferentes contextos. Ademais, apresenta o estudo de caso da PPP “Casa Paulista”, a primeira experiência do tipo em habitação social no Brasil. A partir da análise do ciclo de vida da PPP, verificou-se como a dinâmica institucional impactou a estruturação do projeto e as possíveis consequências da adoção desse instrumento para a política habitacional. Os resultados apontam que, embora se identifique uma orientação institucional na promoção do modelo, falta maior padronização de modo a consolidá-lo.

Downloads

Publicado

2022-08-22