Dinâmicas espaciais dos grandes eventos no cotidiano da cidade: significados e impactos urbanos

Autores

  • Heliana Comin Vargas
  • Virgínia Santos Lisboa

Palavras-chave:

megaeventos, eventos programados, turismo urbano, lazer urbano, cultura e consumo, impactos urbanos, Avenida Paulista

Resumo

O presente artigo direciona-se para a compreensão dos grandes eventos continuamente dispersos no tempo e no espaço do ambiente urbano já construído das megacidades. Centra-se na análise do significado, da apropriação e gestão dos grandes eventos, que com suas dinâmicas espaciais próprias interferem significativamente no funcionamento da cidade exigindo mobilizações e recursos cujos impactos tangíveis e intangíveis não estão devidamente mensurados. Tendo como foco a cidade de São Paulo, a intenção é mostrar que, embora dispersos no tempo e no espaço, os efeitos tangíveis e intangíveis, centrados na oferta de experiências, mais do que na produção de novos espaços construídos, coloca mais uma variável na discussão sobre o conceito de valor de uso e valor de troca atribuído à cidade.

Biografia do Autor

Heliana Comin Vargas

Arquiteta, Urbanista e Economista. Professora Titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. São Paulo, Brasil.

Virgínia Santos Lisboa

Arquiteta e Urbanista. Professora do Curso de Design das Faculdades Metropolitanas Unidas. São Paulo, Brasil.

Downloads