CONSUMO SAGRADO OU SAGRADO CONSUMO? AS IMPLICAÇÕES DESSA SACRALIZAÇÃO NA HIERARQUIA DE VALORES.

Felippe Reis de Britto, Cecilia Queirós Mattoso

Resumo


O presente estudo buscou entender os significados envolvidos na compra de uma camisa de clube de futebol por parte dos consumidores da base da pirâmide. Uma camisa oficial custa cerca de um terço do salário mínimo, portanto, como ficam as negociações e a hierarquia de gastos dentro de um orçamento doméstico com fortes restrições de renda? Este estudo, através de uma abordagem qualitativa, mostrou que a camisa do clube tem benefícios simbólicos tão fortes que justificam a sua prioridade na hierarquia de gastos. Outro achado foi o fato da compra ser planejada.  O estudo reforça o aspecto sagrado do consumo de bens esportivos e entende essas sacralidades como justificativa para o sacrifício de outras compras.


Palavras-chave


Consumo na Base da Pirâmide; Consumo Sagrado e Profano; Hierarquia de Gastos; Símbolos de Status.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: