Os Sentidos da África nas Expressões da Marca Amarula

Flávia Ponte B.S. Costa, Luzení P. Borges, Clotilde Perez

Resumo


O presente artigo tem o objetivo de analisar as expressões da marca Amarula a partir do método semiótico desenvolvido por Charles Peirce (1977) e das interfaces com o quadrado semiótico proposto por Greimas no que se refere aos efeitos de sentido potencialmente gerados para os intérpretes da marca. É possível evidenciar após a análise, que os signos africanos estão expressos nas diferentes manifestações da marca Amarula, como a identidade visual, o design da embalagem, o rótulo e a publicidade, por meio de cores emblemáticas, presença de símbolos de reconhecimento imediato e da linguagem mística. A integração desses signos gera efeitos de sentido que se relacionam ao universo signico africano, tornando a marca Amarula uma expressão internacional da identidade local.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Pensamento & Realidade

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2237-4418
ISSN Impresso: 1415-5109

Indexado em: