Investigando trabalho e formação docente na creche: contribuições de Vigotski e Bakhtin

Maria Nazaré da Cruz

Resumo


Neste texto, discutem-se contribuições da psicologia histórico-cultural de Vigotski e da teoria enunciativodiscursiva de Bakhtin para o estudo da formação e do trabalho de professores, a partir do exame de aspectos metodológicos de uma pesquisa sobre as elaborações que professoras de educação infantil realizam a respeito de suas práticas educativas, ao tomarem sua própria atuação com as crianças como objeto de análise. Focalizando um episódio de interlocução entre professoras, coordenadora pedagógica e pesquisadora sobre uma atividade filmada em um berçário, problematizamos, mais especificamente: o que se vê, quando se toma a própria atuação como objeto de análise; o que e de que posição falam a pesquisadora, as professoras e a coordenadora pedagógica; e, finalmente, as possibilidades de desenvolvimento das práticas educativas provocadas pela análise conjunta de situações de trabalho.

Palavras-chave


metodologia de pesquisa; autoconfrontação; professores de educação infantil; Vigotski; Bakhtin

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.