Estudos psicossociais sobre o negro na família e na escola

Edson A. de Souza Filho

Resumo


Este trabalho tem por objetivo investigar: a) as concepções de professores/alunos a respeito de autoridades familiares e papéis sociais de aluno/professor de 2º grau (Estudo I); b) os critérios de avaliação de desempenho do professor por parte do aluno negro de 1º grau (Estudo II), com base na abordagem das representações sociais (Moscovici, 1978). Aplicamos dois questionários com perguntas abertas e analisamos os dados em termos de temas usados e testes estatísticos. Observamos que as representações de autoridades familiares de alunos e professores negros (N) giraram em torno do sujeito individual, além dos conteúdos como direitos humanos e interação na escola. Os alunos N com desempenho acadêmico maior tenderam a enfatizar mais a família ampliada e a identidade cultural. Os critérios de avaliação dos professores utilizados por estudandes N centraram-se mais nos aspectos de lazer/cultura/política extra-escolares, além de suas dimensões individuais. Ou seja, o fortalecimento da identidade negra pareceu-nos estar associado à maior busca de autonomia sociocultural.

Palavras-chave


família; melhor/pior aluno/professor; representações socioculturais

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.