DIVERSIFICAÇÃO DO RISCO DE UM PORTFÓLIO DE ATIVOS MODELO DE MARKOWITZ

Marina Coelho Silva, Beatriz Maia Mattar, Mariana da Rosa, Edson Ferreira de Oliveira

Resumo


A Teoria do Portfólio avalia a construção de uma carteira ótima de ativos a partir da relação risco e retorno, visando a diversificação do risco. O modelo de portfólio foi proposto por Harry Markowitz, em 1952, no artigo Portfolio Selection, publicado no The Journal of Political Economy. Utilizou-se oito ativos (Ambev, Magazine Luiza, Bradesco, Gerdau, Natura, Dólar e Ouro) para a composição da carteira do presente estudo e foram calculados seus retornos, desvios padrões, índices – Sharpe, Treynor, Modigliani e Ibovespa –, médias e correlações, com o objetivo de apresentar ferramentas matemáticas ao investidor que quantificam o desempenho de investimentos, propiciando a tomada de decisões. A análise de uma carteira baseada em cinco elementos considerados importantes no mercado financeiro, atende as mais diversas correntes de pensamentos de investidores e permite a geração de portfólios eficientes. Adotou-se nesse projeto uma abordagem empírico-analítica, através de pesquisas bibliográficas sobre o tema e levantamento dos preços dos ativos de 03/2017 a 09/2018, com base nos dados disponibilizados pelo sistema Bloomberg. Para o cálculo do modelo atribuiu-se pesos iguais para cada ativo, por simplificação operacional, e aplicou-se as fórmulas de Markowitz que nos permite identificar o desvio padrão (risco) e o retorno esperado da carteira. Com os dados obtidos na aplicação do modelo, pôde-se fazer os comparativos do desempenho de cada ativo com a carteira, da carteira com o Ibovespa e ainda da carteira com relação aos índices escolhidos. Assim, observou-se que o risco de um ativo mantido fora de uma carteira é diferente de seu risco quando incluído na carteira e que o risco depende da composição de cada elemento, da sua participação no investimento total, além da forma como seus componentes se relacionam (covariam) entre si.


Palavras-chave


Portfólio; Risco; Retorno; Diversificação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.23925/2446-9513.2020v7i2p19-34

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2446-9513

 

INDEXADORES